You are currently viewing Como funciona o exame de ressonância magnética?

Como funciona o exame de ressonância magnética?

O exame de ressonância magnética é um dos exames mais necessários para a detecção precisa de problemas no corpo humano. No texto de hoje, vamos te falar um pouco sobre ele e quais são seus principais riscos e indicações. Vamos entender mais abaixo? Veja!

O que é o exame de ressonância magnética? 

A ressonância magnética é um exame de imagem não invasivo que utiliza campos magnéticos e ondas de rádio para produzir imagens detalhadas dos tecidos e órgãos internos do corpo humano. Ele é amplamente utilizado para avaliar uma ampla gama de condições, incluindo lesões musculares e ósseas, problemas de coluna vertebral, problemas de órgãos internos e tumores.

A ressonância magnética utiliza campos magnéticos potentes e ondas de rádio para criar imagens detalhadas dos tecidos e órgãos internos. Não há radiação ionizante envolvida, o que significa que o exame é completamente seguro.

Ao fazer o exame, o paciente será colocado dentro de uma máquina, onde será exposto a campos magnéticos e ondas de rádio. 

O exame de ressonância magnética é incrivelmente preciso e pode detectar problemas que podem ser facilmente ignorados por outros exames de imagem. É especialmente útil para a visualização de lesões musculares e ósseas, problemas de coluna vertebral, problemas de órgãos internos e tumores.

O exame é indolor e não requer nenhum tipo de injeção ou incisão. 

O exame dói?

Essa é uma preocupação muito comum dos pacientes. Porém, a ressonância magnética em si não causa dor. Alguns pacientes podem sentir desconforto ao ficar posicionados na máquina por um período prolongado de tempo, especialmente se têm problemas de coluna ou outras condições médicas, mas o desconforto é geralmente leve e temporário.

Em alguns casos, o médico pode solicitar a administração de contraste intravenoso durante o exame, que pode causar reações leves como vermelhidão, coceira e inchaço, mas essas reações são raras e geralmente transitórias.

Se você tem preocupações sobre o exame de ressonância magnética, é importante conversar com o seu médico antes do exame para obter mais informações e avaliar se ele é apropriado para você.

O mais importante sempre é procurar o seu médico para que ele te explique como funciona o exame e também para que ele faça a indicação correta para o seu caso em específico. Cada pessoa precisa de um exame personalizado, portanto, só busque por eles quando realmente for necessário e quando o seu médico indicar, especialmente com o uso do contraste. 

Gostou das informações? Compartilhe! 

Deixe um comentário