You are currently viewing Quais os medicamentos mais comuns para dores na coluna?

Quais os medicamentos mais comuns para dores na coluna?

Não é incomum que as dores na coluna se tornem tão insuportáveis a ponto de que os pacientes precisem utilizar medicamentos específicos para conseguir seguir com seus dias. No texto de hoje, vamos te explicar um pouco sobre os principais medicamentos que costumam ser receitados nesses casos. Veja abaixo!

Veja quais são os medicamentos mais comuns para aliviar a dor na coluna

Antes de mais nada, precisamos deixar claro que todos os medicamentos precisam ser receitados por um médico especialista, mesmo aqueles que não exigem receita para serem comprados. Afinal, todos possuem efeitos colaterais e nem sempre são os mais indicados para o seu caso. 

Veja abaixo os mais comuns: 

1- Anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs)

Os anti-inflamatórios não-esteroides, incluindo diclofenaco (Voltaren), naproxeno (Aleve) e celecoxibe (Celebrex) são uma classe de medicamentos que ajudam a aliviar a dor e a inflamação, incluindo dor na coluna. Eles funcionam reduzindo a produção de prostaglandinas, que são substâncias químicas produzidas pelo corpo que contribuem para a inflamação e a dor. Alguns exemplos de AINEs incluem o ibuprofeno (Advil, Motrin) e o naproxeno (Aleve).

Os AINEs são frequentemente recomendados para o tratamento da dor na coluna, especialmente se a dor estiver associada a inflamação. Eles são geralmente eficazes na redução da dor, e podem ser tomados por via oral ou aplicados localmente na pele, dependendo da forma de administração. Além disso, os AINEs também podem ser usados com outras terapias, como fisioterapia, para melhorar ainda mais o estado geral.

2- Medicamentos de prescrição

Os medicamentos de prescrição, incluindo tramadol (Ultram), gabapentina (Neurontin) e pregabalina (Lyrica), podem oferecer muitos benefícios para pacientes que sofrem de uma ampla variedade de condições médicas. Em primeiro lugar, eles são eficazes na aliviar a dor, como a dor pós-cirúrgica ou a dor neuropática.

Eles também são excelentes para aliviar a dor aguda ou crônica, permitindo que o paciente retome suas atividades diárias. Mas, como o nome diz, são medicamentos sob prescrição médica. Ou seja, devem ser prescritos por um médico especializado e que conheça o histórico do paciente, bem como outras doenças que ele pode ter. No geral, os medicamentos de prescrição são uma ferramenta importante na medicina e podem oferecer muitos benefícios para os pacientes.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Compartilhe o texto com seus amigos nas redes sociais e não deixe de visitar nosso blog para mais textos relacionados. Até a próxima! 

Deixe um comentário